Terça, 28 de Março de 2017

Última atualização04:36:16 AM GMT

Você está aqui: Inicial
Banner

Nota de Solidariedade com Kátia Souto

E-mail Imprimir PDF
Katia Souto foto Flaviano Quaresma

Em mais uma demonstração de perseguição política e ideológica perpetrada pelo governo golpista de Michel Temer e seu ministro interino da Saúde, demitem Kátia Souto,

que já foi da equipe do DST-Aids, foi também diretora das Políticas de Equidade do Departamento de Gestão Estratégica e Participativa, entre outras tantas tarefas no Ministério da Saúde que cumpriu magnificamente. A União Brasileira de Mulheres se solidariza com a companheira ubemista e ex-coordenadora nacional da nossa entidade, Kátia Souto, no momento desta sua exoneração arbitrária e injustificada do posto que ocupava brilhantemente como assessora técnica do Conselho Nacional de Saúde (CNS).

Exoneraram-na sem sequer dialogar com a mesa diretora do CNS, em mais uma – de já inúmeras – demonstrações de atitudes ditatoriais e antidemocráticas deste (des)governo interino, como apenas períodos de exceção conheceram. Não se respeitaram ou mesmo consideraram critérios técnicos, pois na verdade esta atitude caracteriza-se como uma caça às bruxas pelo papel desempenhado por Katia Souto, feminista histórica identificada com o projeto constitucional do SUS público, universal, integral e gratuito, e uma das grandes responsáveis pela ampliação do diálogo do CNS com o movimento social, aumentando ainda mais seu lastro e poder de controle social sobre o Poder Público.

Kátia Souto representa o extremo oposto deste governo golpista, antidemocrático, usurpador, privatista, machista, racista e homofóbico, e por isso, quiseram livrar-se dela através de uma exoneração injusta. Mas não vão conseguir! Kátia conta com a UBM, com o Conselho Nacional de Saúde, com dezenas de organizações de diferentes setores sociais, com toda a sociedade brasileira que luta por um mundo de igualdade, que não descansaremos até derrotar o arbítrio e recuperar a democracia brasileira, inclusive nosso Sistema de Saúde Único, integral e gratuito como um direito de todo cidadão e toda cidadã. Esta é a luta da companheira Kátia Souto, do CSN, e a nossa também.

União Brasileira de Mulheres/UBM
Junho de 2016